Dia 5 – Montevideo (Uruguai)

Olá pessoal,

Hoje provavelmente foi o dia mais tranquilo de nossa viagem. Saímos pela manhã caminhando para passar pelas principais praças centrais e mais alguns pontos turísticos obrigatórios para quem faz turismo por aqui. A Plaza Independencia, talvez a principal praça da cidade, é a da foto abaixo. Infelizmente o monumento em homenagem ao General Artigas passava por reforma, e sendo assim também não possível adentrar abaixo da praça, onde estão localizados os restos mortais do General num mausoléu bastante interessante.

Bem próximo da praça está localizado o famoso Teatro Solís. Apesar de existir um tour por dentro do teatro, optamos apenas pela tradicional foto do exterior:

A Plaza Independencia separa a “Ciudad Vieja” (cidade velha) da parte nova de Montevideo. Dentro da parte velha, todos os prédios são bastante antigos e com uma arquitetura muito bonita, de certa forma lembra o Pelourinho em Salvador e a parte antígua de São Francisco do Sul:

Próximo do Porto, o famoso Mercado del Puerto, local onde existem diversos restaurantes que servem obrigatoriamente a famosa Parillada (maiores detalhes no link). De lambuja ainda ganhamos um copo de vinho branco com espumante de um dos garçons que tentou convencer a gente de comer por ali.

Depois de passar pelo Mercado, como ainda era cedo para almoçar, resolvemos passear pela Rambla e apreciar a vista do Rio da Prata.

Já havíamos saído do hotel pensando em almoçar no La Pasiva (uma rede tipo o McDonald’s, só que uruguaia: existem em todos os shoppings e em vários pontos da cidade). Chegando lá, optamos pelo tradicional Chivitos com fritas (R$16,50), acompanhado de uma Zillertal 3/4, que seria a nossa 600ml (R$11).

De sobremesa, sorvete (embora estivesse 15ºC e tempo bem nublado, não podíamos deixar de experimentar) no La Cigale. A casquinha com 2 bolas saía algo em torno de R$9 e a com 3 bolas saía por R$10. O sabor doce de leite era espetacular!

Durante todo o trajeto tiramos fotos de alguns veículos que encontrávamos nas ruas, já que Montevideo é praticamente um museu a céu aberto em se tratando de carros antíguos, conforme fotos abaixo. Alguns carros sequer possuem placas, e sim um papel sulfite grudado no vidro traseiro com o número e a cidade da placa!! (ainda não tiramos uma foto destes).

Voltamos para o hotel em torno das 14h e ficamos por aqui mesmo o restante do dia. Para fechar o dia, compramos uma Corona no mercado aqui perto (R$4 a long neck), enquanto analisávamos os pontos turísticos de Colonia do Sacramento, destino de amanhã.

Ah, e claro que acompanhei o Palmeiras classificar na Copa do Brasil …

6 thoughts on “Dia 5 – Montevideo (Uruguai)

  1. Aquela foto de vcs dois ainda nao me convenceu q vcs tao ai HAHAHAHA..
    Mas nao tem mta gente por ai né? Ou todo mundo trabalha mesmo, nao vejo muitas pessoas pelas ruas, pela cidade nas fotos..

  2. Pingback: Dia 5 – Montevideo (Uruguai) | ALFA Dicas de Viagens

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>