Viagem Itacaré (BA) – Parte I. Saindo de Salvador rumo a Itacaré

Para ter uma noção da aventura que foi nossa viagem pela Bahia, a ida de Salvador a Itacaré (cerca de 250 km de distância) merece um capítulo a parte. Tudo começou perto das 08h da manhã, quando saímos da Pousada Hilmar rumo ao ferry boat que liga Salvador a Bom Despacho.

O pelourinho fica perto do ferry boat, e pelo que me lembre saiu algo em torno de R$10 a corrida. O custo do ferry boat era algo em torno de R$6-R$8 por pessoa. O trajeto dura cerca de uma hora e os locais para sentar são bastante cômodos.

A vista de Salvador se distanciando, bem como a de Bom Despacho se aproximando, foram registradas:

Chegando no terminal de Bom Despacho, compramos a passagem de ônibus (cerca de R$30/pessoa) rumo a Itacaré, distante cerca de 250 km dali. Tivemos que esperar mais ou menos 1 hora, visto que chegamos próximo das 09h e o ônibus partiria somente às 10h. A distância não era nenhum absurdo, porém logo no começo já percebemos que a viagem seria longa: era o famoso ônibus “pinga-pinga”. Passamos por cerca de 5 a 7 cidades, em todas o ônibus parava e ficava um tempo embarcando/desembarcando passageiros. O registro foi feito nas cidades de Valença e Nazaré:

Todas as cidades pelas quais passamos não tinham nenhum luxo: eram cidades simples, com casas em sua maioria pequenas e mal cuidadas e ruas estreitas e quase sempre de calçamento ou de chão batido.

Passadas mais de quatro horas de viagem, a primeira placa contendo a cidade de Itacaré aumentou a ansiedade:

Perto das 15h30, depois de quase 6 horas viajando num ônibus sem ar condicionado e com o sol da Bahia a pleno vapor, chegamos na rodoviária de Itacaré e pegamos um táxi rumo a Pousada Villa N’Kara. Na época o custo do táxi era R$10 (detalhe: o preço é único, para qualquer trajeto dentro de Itacaré).

Fica a dica: quando for para Itacaré, pegue um avião para Ilhéus que a viagem será bem mais tranquila, visto que o aeroporto fica a apenas 70 km de Itacaré. Porém não temos nada a reclamar, afinal foi uma aventura que valeu a pena. E como queríamos conhecer Salvador antes de ir para Itacaré, tivemos que optar pelo vôo São Paulo-Salvador.

Para finalizar este post inaugural de Itacaré, uma foto da praia que fica perto do centro de Itacaré (água bastante poluída por sinal) e outra da principal rua que possui os principais restaurantes e lojas da cidade:

4 thoughts on “Viagem Itacaré (BA) – Parte I. Saindo de Salvador rumo a Itacaré

  1. Eu não entendi..pq vcs foram pra itacaré se no final não tinha nada na cidade e a água ainda era poluída?! Heheheh..

  2. Pingback: 10,000 views | ALFA Dicas de Viagens

  3. Pingback: Viagem Itacaré (BA) – Parte I. Saindo de Salvador rumo a Itacaré | ALFA Dicas de Viagens

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>