Viagem Bariloche – De Villaguay (Argentina) a Neuquén (Argentina)

Prosseguimos com os posts sobre a viagem de um dos tios da Aline até Bariloche e continuamos com o pé na estrada!

A saída de Villaguay no dia 30/12 foi por volta das 09h. O trajeto de 716km entre Villaguay e Trenque Lauquen não tem grandes atrações turísticas interessantes e a viagem é muito monótona. As únicas paradas são para ir ao banheiro, comer e é claro, para algumas fotos, como as abaixo:

DSCF3779

DSCF3781

DSCF3799Um detalhe importante que não foi mencionado no post anterior: os pedágios argentinos, ao contrário do que acontece no Uruguai, NÃO aceitam reais como pagamento, ou seja, vá com pesos argentinos para a Argentina. Nenhum dos pedágios é abusivo (como os do Rio Grande do Sul, por exemplo), e inclusive tem um que chegou a custar risíveis 50 centavos de peso argentino (ou seja, menos de R$0,20).

Assim como o portal de Villaguay, o portal de Trenque Lauquen não é nem um pouco suntuoso:

DSCF3837A chegada em Trenque Lauquen foi por volta das 19h10 e a hospedagem foi no Hotel El Faro, apesar de ser a mais cara de toda a viagem (600 pesos argentinos para 3 pessoas, cerca de R$R$240), não teve nenhum grande diferencial. O café da manhã seguiu o padrão argentino (pães, frios, café e Nescau). Detalhe para a foto noturna lá do alto do hotel:
DSCF3838A saída de Trenque Lauquen no último dia de 2012 se deu por volta das 09h45. Assim como o trajeto anterior, a viagem é basicamente dirigir, dirigir e dirigir. No meio do caminho retas e mais retas, incluindo uma de 90 km!

No meio do caminho uma bonita ponte (parecida com a ponte estalada da capital paulistana) mereceu atenção especial e ganhou uma sessão de fotos:
DSCF3812

DSCF3817

DSCF3819Bonitas também as plantações de girassóis, tomando conta de toda a vista:DSCF3836

DSCF3823

DSCF3822

A chegada em Neuquén foi às 18h33, menos de 9 horas depois da saída. A cidade de Neuquén é a maior cidade da região da Patagônia e conta com mais de 200 mil habitantes. Cortando a cidade podemos encontrar alguns rios artificais, como na foto abaixo:

DSCF3945

A hospedagem foi no Hotel Royal. A diária para 3 pessoas custava 470 pesos (cerca de R$190). Quarto com uma cama de casal e outra de solteiro, e café da manhã no padrão argentino. Um ponto negativo deste hotel e do hotel de Villaguay foi que não havia sequer um frigobar no quarto! Abaixo uma foto da fachada do hotel e de uma bonita igreja situada em frente ao mesmo:

DSCF3971

DSCF3973

Perto do hotel uma praça com rosas de todas as cores:

DSCF3957

DSCF3954

DSCF3949

Em breve o último post da viagem até Bariloche, contando sobre a virada do ano em Neuquén e a curta viagem para chegar em Bariloche, além dos dias passados por lá e de algumas dicas gerais da cidade. Espero que estejam gostando!

One thought on “Viagem Bariloche – De Villaguay (Argentina) a Neuquén (Argentina)

  1. Pingback: Viagem Bariloche – De Villaguay (Argentina) a Neuquén (Argentina) | ALFA Dicas de Viagens

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>