Bariloche (Argentina)

Chegamos ao último post (ou não, talvez saia mais um sobre a volta!) sobre a viagem de Bariloche de um dos tios da Aline. Neste post falaremos basicamente da cidade de Bariloche, seus atrativos, lugares para visitar, etc. A cidade fica repleta de turistas no inverno, portanto a época escolhida foi ideal para poder passear tranquilamente sem se incomodar com o movimento da temporada.

Foram seis diárias no hotel Peñon del Lago, do dia 01/01 ao dia 07/01/2013. O valor total foi próximo dos 3700 pesos argentinos (R$1480, ou cerca de R$250 a diária). Assim como já vivenciado pelos colegas do blog Rotas em Rodas, atentem para a cobrança de cerca de 20% de impostos sobre o valor da diária (já incluso no valor total citado) nos hotéis argentinos.

O hotel, apesar de um pouco afastado do centro de Bariloche (+/- 14 km), ficava beirando um lindo lago (daí o nome “del Lago”):

DSCF4486

DSCF4471

DSCF4508

O apartamento possuía cozinha completa, facilitando bastante a possibilidade de fazer refeições mais econômicas dentro do mesmo.

DSCF4377

DSCF4381

DSCF4380

No centro de Bariloche está localizado o “Centro Cívico” onde reside a Prefeitura, Secretaria Municipal de Turismo, Polícia Local, Museu da Patagônia e Biblioteca Sarmiento:

DSCF4315

DSCF4317

Fantástica também a igreja católica localizada pertinho do Centro Cívico:

DSCF4286

DSCF4244

DSCF4248

DSCF4275

O Shopping de Bariloche também tem uma arquitetura interessante:

DSCF4304

DSCF4305Um pouquinho antes do Centro Cívico se encontra uma escola, também uma construção muito bonita:

DSCF4563

DSCF4564

Na cidade existe um Museu do Chocolate (da Havanna), nos moldes dos que existem em Gramado. Animais do tamanho real feitos 100% de chocolate eram uma das principais atrações conforme vocês poderão ver nas fotos abaixo. A entrada custava 20 pesos argentinos por pessoa (R$8), sendo que 10 deste pesos poderiam ser gastos em produtos da loja no final da visita.DSCF4575

DSCF4589

DSCF4577

DSCF4578

DSCF4579

DSCF4582

DSCF4591Existem em Bariloche também algumas cervejarias artesanais. A maioria não cobra entrada e algumas possuem lojas onde é possível comprar as cervejas fabricadas por ali. Numa delas (Berlina), foram compradas 12 long necks por 120 pesos argentinos (R$48).

DSCF4688

DSCF4644

DSCF4686

O famoso (e caríssimo) Llao Llao Hotel também foi registrado (só para ter uma idéia, uma diária para casal em fevereiro está saindo R$770 o casal). Perto do hotel mais uma igreja católica foi a protagonista de uma foto: DSCF4701

DSCF4702

DSCF4706

O que mais se vê em Bariloche são também flores dos mais diversos tipos e formatos, proporcionando um álbum de fotos só delas. Uma verdadeira Viena sul-americana:

DSCF4249

DSCF4251

DSCF4262

DSCF4291

DSCF4403

DSCF4423

DSCF4461

DSCF4469

DSCF4492

DSCF4493

DSCF4495

DSCF4504

DSCF4555

DSCF4559

DSCF4602

DSCF4670

DSCF4709Um dos “pontos” turístiscos de Bariloche é um cachorro da raça São Bernardo, que fica basicamente sentado num banco e onde são cobrados 10 pesos argentinos (R$4) para tirar uma foto com ele. No mínimo, curioso!

DSCF4720O principal ponto negativo em Bariloche foi a embreagem do carro, que estragou em um dos passeios. Para consertá-la, foi necessário primeiramente chamar um guincho para depois consertá-la num mecânico que antigamente trabalhava numa fábrica da Peugeot. O resultado deste problema? Prejuízo de 900 pesos argentinos, ou R$360.

Não temos muitas dicas de restaurente em Bariloche (pois a maioria das refeições foi feita no hotel mesmo), mas uma das dicas dadas pelo tios das Aline é o Parilla Restaurant, onde foi servido um delicioso bife a milanesa (com uma caprichada e grossa fatia de carne):

DSCF4321Para finalizar este post sobre Bariloche, apreciem mais algumas fotos sobre esta cidade:

DSCF4334

DSCF4355

DSCF4393

DSCF4395

DSCF4399

DSCF4410

DSCF4411

DSCF4498

DSCF4512

DSCF4696

DSCF4527

DSCF4574

DSCF4624

DSCF4634

DSCF4653

DSCF4655

DSCF4673

DSCF4677

DSCF4693

DSCF4694

Espero que tenham gostado dos posts da viagem de Joinville (SC) a Bariloche (Argentina)! Provavelmente ainda vai sair outro post falando sobre a volta e algumas outras dicas gerais para quem quer ir de carro até a Argentina! Um abraço!

2 thoughts on “Bariloche (Argentina)

  1. Pingback: Bariloche (Argentina) | ALFA Dicas de Viagens

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>