Viagem Europa – Post X – Poggibonsi, Siena, San Gimignano, Colle di Val d’Elsa, Florença e San Donatto in Poggio

Boa noite pessoal,

Depois de um hiato de mais de 15 dias, voltamos a falar da viagem dos tios do Fábio para a Itália. Após a última “entrevista” com eles, realizada neste domingo dia 28/06, a idéia é finalizar os posts desta viagem até no máximo o final de semana de Dia das Mães, até porque já temos algumas outras viagens na fila que iremos relatar (em breve novidades).

O post de hoje é todo italiano (bem como o restante da viagem), e abrange os dois últimos dias de hospedagem em Poggibonsi, com saídas para visitas nas cidades de Siena, San Gimignano, Colle di Val d’Elsa, Florença e San Donatto in Bogio.

No dia dos Namorados aqui no Brasil, 12 de junho, a primeira cidade visitada foi Siena, distante menos que 40 km de Poggibonsi, que foi onde dormiram. A cidade possui pouco mais de 50 mil habitantes e é mais uma da região da Toscana. Assim como diversas cidades visitadas anteriormente, é também considerada patrimônio da humanidade pela UNESCO.

Segundo a mitologia romana, Siena foi fundada pelo filho de Remo (Sénio), e na cidade encontram-se diversas estátuas e obras de arte mostrando os irmãos amamentados pela loba (terceira foto abaixo).

002

008

014

017

019

Em Siena também acontece duas vezes por ano a Palio di Siena, uma corrida de cavalos ilustrada no filme Quantum of Solace, do 007.

020

Destaque também para a Catedral de Siena com sua arquitetura gótica:

031

035

Perto do meio-dia, aproveitaram para fazer uma breve refeição na rua, de uma das formas mais tradicionais italianas: pedaços de pizzas vendidas no meio da rua mesmo, a preços irrisórios e muito saborosas:

049

Antes das 13h, o destino era a cidade medieval de Monteriggioni, província de Siena com menos de 8 mil habitantes e distante apenas 20 km. Fiquem com o show de imagens:

073

081

084

087

090

096

108

115

127

136

Andando mais 30 km, chega-se a outra província de Siena: San Gimignano, que possui população semelhante a Monteriggioni e é também toda cercada. Antigamente existiam 72 torres em torno da cidade, hoje em dia sobraram apenas 14.

152

156

163

165

172

193

202

213

216

219

226

233

237

244

250

Após passearem por quase quatro horas em San Gimignano, uma parada para a janta no Ristorante Da Griglia. Um dos pratos pedidos foi uma Bisteca Alla Fiorentina, onde o garçom vinha com um pedaço dela cru na mesa para verificar se o cliente aceitava ou não aquele pedaço. O preço? €50 o quilo. O primeiro prato das fotos abaixo é o Pici, que custou €10. A água para acompanhar saiu por €2,50.

258

260

261

262

Para finalizar o passeio do dia, que tal experimentar o famoso melhor sorvete do mundo?

268

No dia seguinte, 13 de junho, a primeira cidade visitada foi Florença, distante 40km de Poggibonsi e maior cidade da região da Toscana, com mais de 370 mil habitantes.

O primeiro ponto turístico visitado foi a Catedral de Florença:

002

006

Pertinho da Catedral fica localizado o também muito famoso Batistério de São João, onde antigamente predominantemente os ricos batizavam seus filhos. É lá também que está o Portão do Paraíso, assim denominado por Michelangelo. Foram necessários 27 anos de trabalho para que a porta ficasse pronta, feita 100% em bronze. São 10 painéis que contam eventos bíblicos do Velho Testamento.

010

011

014

019

022

023

Não poderia faltar uma foto da famosa estátua de Davi, uma das esculturas mais famosas de Michelangelo.

027

Lá pelas 15h, uma paradinha para um almoço/lanche em Florença, no restaurante Canto del Nelli. A pizza, macarronada à carbonara, coca e cerveja saíram por 28 no total.

034

036

A Catedral, também chamada de Santa Maria del Fiore, impressiona pela beleza também interna, retratada nas fotos abaixo:

037

039

040

042

044

046

Mais algumas fotos da parte externa:

055

056

057

060

066

Na Piazza Santa Croce, uma das principais praças de Florença, estão localizadas uma enormidade de esculturas :

067

073

075

079

Pertinho dali também está localizada a Piazza della Signoria, onde está localizado o famoso Museu Gucci (segunda foto abaixo):

080

081

086

089

090

097

Um outro ponto turístico de Florença que não pode deixar de ser visitado é a Ponte Vecchio, que fica sobre o Rio Arno. Antigamente residente de diversos açougues, hoje a ponte abriga mais de 50 joalherias que vendem jóias caríssimas.

098

101

106

116

Finalizando o passeio em Florença, não deixe de visitar a Praça e Igreja de Santa Maria Novella, que embora mais simples do que os demais pontos visitados, não deixa a desejar em nada em questão de beleza:

133

135

Perto das 20h, o destino era San Donato in Poggio, distante 30 km de Florença. No caminho belas fotos:

139

140

145

O vilarejo de San Donatto in Poggio é minúsculo, porém muito bem cuidado, o que rende belíssimas fotos, como as de abaixo:

152

154

155

161

164

A janta foi no Restaurante Trattoria La Toppa, e o cardápio incluiu macarrão, tartelli, uma espécie de “dobradinha” italiana. A conta saiu por €70.

159

160

166

168

169

170

171

172

Para fechar a noite, mais algumas fotos noturnas da cidade:

173

175

177

Por hoje é só pessoal. Ainda esta semana mais um post em terras italianas!

One thought on “Viagem Europa – Post X – Poggibonsi, Siena, San Gimignano, Colle di Val d’Elsa, Florença e San Donatto in Poggio

  1. Pingback: Viagem Europa – Post X – Poggibonsi, Siena, San Gimignano, Colle di Val d’Elsa, Florença e San Donatto in Poggio | ALFA Dicas de Viagens

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>