Viagem Curaçao – Praias – Jan Thiel

Penúltima praia frequentada por nós em Curaçao, a praia de Jan Thiel também foi a mais “chique” que visitamos. Sua localização (11 km da capital Willemstad, porém no lado leste da ilha) já indica que nada por lá é para pessoas pouco abastadas: o bairro de Jan Thiel é considerado o mais nobre de toda a ilha, como vocês podem notar na série de fotos abaixo que fizemos por lá:

DSC06695

DSC06703

DSC06705

DSC06707

DSC06708

DSC06712

DSC06713

DSC06717

DSC06721

DSC06723

DSC06728

DSC06731

DSC06734

Já na entrada do estacionamento você nota a primeira diferença desta em relação às outras praias: há um recado claro dizendo que não é permitida a entrada de bebidas e comidas particulares, que para bom entendedor significa: não aceitamos farofeiros. No tempo em que ficamos por lá, uma família de hispânicos (provavelmente venezuelanos) estava tomando cerveja e comendo comida que trouxeram de fora: não demorou muito para que um segurança aparecesse e educadamente explicasse para eles que isso não era permitido por lá.

DSC06660

DSC06693

DSC06661

DSC06663

DSC06664

É claro que Jan Thiel é uma praia particular, e você paga US$3,50 por pessoa para entrar lá. Há disponível espreguiçadeiras “normais” a um custo de US$3,50/cada e há também uma espécie de “cabaninha” que possui um miolo onde há espaço para um balde com bebidas: não perguntamos o preço deste espaço, mas certamente o preço era um pouco mais salgado.

DSC06665

DSC06666

Outra novidade da praia é a possibilidade de você andar de FlySurf (também não perguntamos o preço), modalidade bastante difundida aqui no Brasil no programa Pânico na TV. Durante as quase três horas que ficamos por lá, vimos apenas o instrutor andando um pouco:

DSC06672

DSC06673

 

Para crianças, a praia é perfeita: há um bom pedaço de areia e a profundidade é ideal para menores tomarem banho. Até mesmo para adultos ela é uma das melhores para banhar-se, visto que a quantidade de pedras no fundo é ínfima. Com relação a mergulho, há uma boa quantidade e variedade de peixes, mas nada muito diferente do que acabamos visualizando em outras praias. No meio da água há também uma espécie de deck, assim como havia em PortoMari.

DSC06678

DSC06679

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

 

Como já comentamos, não é possível trazer sua própria comida e bebida de casa, mas há dois bares super bem equipados por lá que vendem desde porções até pratos a la carte. Como já se assustamos com o preço das bebidas (uma lata de coca por R$7 e uma Heineken 250ml por R$10), optamos por sair logo depois das 13h da praia e ir comer em outro lugar.

DSC06681

DSC06688

DSC06690

DSC06691

Enfim, para quem gosta de primeira classe e de mais requinte, a praia de Jan Thiel é perfeita, mas prepare-se seu bolso que certamente a conta vai sair cara.

3 thoughts on “Viagem Curaçao – Praias – Jan Thiel

  1. Pingback: Viagem Curaçao – Praias – Jeremi, Santa Cruz, Forti e Kenepa Chiki | ALFA Dicas de Viagens

  2. Pingback: Viagem Curaçao – Praias – Jan Thiel | ALFA Dicas de Viagens

  3. Pingback: Viagem Curaçao – Resumão e dicas gerais | ALFA Dicas de Viagens

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>