Planeje sua viagem sozinho, se envolva mais e gaste menos!

Agora que você não tem mais desculpas para viajar, vamos passar algumas dicas importantes para você começar a planejar a sua viagem. Se você não quiser se incomodar com nada, não quer comprar passagens, pesquisar hotéis e definir o roteiro, basta ir numa agência de viagem mais próxima e fechar um pacote. Porém o principal porém disso é: com certeza você irá gastar mais do que gastaria se fizer tudo sozinho, afinal ninguém trabalha de graça, certo?

Outro ponto negativo de fechar um pacote por uma agência de turismo é que o roteiro já possui os horários definidos e os passeios geralmente são em grupo. Já soubemos de casos de pessoas que foram visitar um ponto turístico e que não acharam aquele ponto nada atrativo, porém não podiam ir embora porque teriam que esperar o restante do grupo finalizar a visita. O mesmo acontece com lugares com os quais você se identifica muito e quer passar mais tempo por lá, no entanto também não será possível pois você terá que acompanhar o grupo com o roteiro programado pela agência.

Para que você tenha mais liberdade na sua viagem e não pague tão caro por um pacote turístico, vamos listar abaixo seis dicas principais para você planejar sua viagem sozinho.

1) ESCOLHA O DESTINO

placdestinos

O primeiro passo é escolher o destino. Se você já tem certeza para aonde quer ir, ótimo. Mas se você ainda está em dúvida entre algumas opções ou se ainda nem sabe para onde quer ir, a dica é: pesquise!

Na internet temos muitas opções de pesquisa. As melhores em nossa opinião são blogs e fóruns, pois são compartilhadas experiências reais. Comece procurando por um país e verás

2) DEFINA AS DATAS

calendario

Planejar com antecedência é o segredo para uma viagem tranquila e mais econômica. Passagens aéreas e hotéis ficam mais baratos quando você compra com antecedência. Quanto mais próximo da data escolhida, as diárias e principalmente as passagem estarão mais caras.

Geralmente as pessoas costumam viajar no período de férias escolares, que é considerada alta temporada (principalmente dezembro, janeiro e julho). Se você tiver flexibilidade em escolher o seu período de férias, evite a alta temporada. Nós geralmente conseguimos agendar nossas férias para novembro, que ainda não é considerado como alta temporada, e adoramos viajar neste período. Os preços estão mais acessíveis, o clima é muito favorável e de brinde podemos comemorar o nosso aniversário de casamento cada ano em um lugar diferente.

Somente fique atento aos países que estão num hemisfério diferente do nosso. Verifique se a época que você vai viajar combina com o destino escolhido. Já pensou se você quer viajar para ver neve, mas escolhe a época errada e passa o maior calorão?

3) CONFIRA OS DOCUMENTOS

http://www.dreamstime.com/royalty-free-stock-photography-passport-travel-documents-image1119917

Em viagens internacionais, antes de comprar as passagens, certifique-se que o seu passaporte esteja válido. Procure verificar esta informação antes de comprar as passagens, pois o processo de renovar ou até fazer o primeiro passaporte pode ser demorado e se você não efetuar o processo com antecedência poderá atrapalhar a sua viagem.

Já detalhamos como é todo o processo neste post aqui.

Verifique também se o país para o qual está viajando não exige visto. Caso você precise de visto, verifique quais são os procedimentos necessários conforme exigências do pais que você estará visitando.

Um outro item importante que não podemos deixar de verificar é se o país destino não exige vacina. Não são todos países que exigem, mas é melhor checar essa informação para evitar qualquer surpresa desagradável. Acesse o serviço para viajantes no site da Anvisa (www.anvisa.gov.br/viajante), e confira relação de países que exigem vacinas e qual a orientação para retirar o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP).

4) COMPRE A PASSAGEM AÉREA

cancelamentopassagens

Destino escolhido, data definida e documentos em dia, vamos comprar as passagens. Mas não se desespere e saia comprando a primeira passagem que ver pela frente. Novamente a nossa dica é: pesquise. A pesquisa vai ser a chave de ouro para você conseguir um bom preço nas passagens.

Quando estamos na fase de comprar as passagens sempre acompanhamos os sites Melhores Destinos e SkyScanner, pois estes sites estão sempre atualizados com as promoções das passagens aérea. Na realidade o SkyScanner é muito mais um facilitador, pois lá você pode criar alertas para as datas que você quer viajar e sempre que tiver alguma alteração no valor da passagem (tanto se aumentar o valor quanto se diminuir) você receberá um e-mail lhe alertando sobre a variação. Esses alertas foram fundamentais nas nossas compras das passagens para Curaçao e Bali.

Inclusive, quando fomos avisados pelo alerta do Skyscanner sobre a promoção das passagens (de Curaçao e Bali), algumas horas depois a promoção para os destinos foi divulgada no Melhores Destinos.

5) RESERVE O HOTEL

book-hotel

A reserva do hotel será algo bem pessoal, você terá que pesquisar o hotel que mais combina com o seu estilo. Temos muitas opções, desde os mais luxuosos resorts até os mais econômicos hostels/albergues.

A nossa pesquisa de hotéis é feita praticamente toda no Booking. É um site bastante flexível, você consegue filtrar as opções do seu interesse, como faixa de valor da diária, tipo de acomodação, quantidade de estrelas do hotel e até por avaliação feita por outros usuários (este para nós é o principal ponto de partida nas nossas pesquisas). Nós já fizemos reservas pelo site e temos vários amigos que também fizeram, e nunca soubemos de nenhum problema que tenha acontecido. Há diversas outras opções de sites semelhantes, como o Hoteis.com e o Trivago, porém nunca trabalhamos com estes outros endereços.

Quando fomos para Curaçao, fizemos a pesquisa pelo Booking mas fizemos a reserva direto com o hotel, pois desta forma acabamos conseguindo um desconto. Sabemos também que para Bali também conseguiremos desconto se negociarmos direto no hotel (em Bali negocia-se tudo). Claro que irá depender da política do hotel conceder ou não um desconto, mas não custa nada negociarmos. Não é?

Certa vez também nos apresentaram também o site AirBnb. Tem muitas opções de hospedagens onde você negocia diretamente com o proprietário. Porém vale lembrar que apenas uma grande minoria dos locatários aceita cartão de crédito. A principal vantagem é que há opções com ótimo custo/benefício.

Uma dica importante na hora de escolher o seu hotel é verificar se ele é bem localizado, verificar se está próximo as praias e/ou pontos turísticos que você pretende conhecer, próximo a restaurantes / supermercados / lojas. Desta forma você conhecerá a “vizinhança” do seu hotel e será mais fácil para você se locomover, pois estará mais próximo aos pontos de seu interesse.

6) ELABORE O ROTEIRO

TravelPlanning

Por fim, e não menos importante, elaborar um roteiro é essencial para que você não fique “perdido”, sem saber o que fazer primeiro. Não digo para elaborar um roteiro completo, definindo horários e tudo mais. Pense em algo prático.

Se você elaborar um roteiro por dia, por exemplo, você poderá se programar para visitar os pontos turísticos que são próximos. Já pensou você visitar um ponto turístico no bairro A, depois visita outro no bairro X e o próximo a ser visitado é novamente no bairro A? Você perderá muito tempo se locomovendo, e sabemos que cada minuto é precioso.

Monte um roteiro e coloque na programação do dia as atrações do bairro A, B e C, que são próximos. Mas também não coloque muitas atrações na programação, pois você poderá acabar ficando sem tempo de fazer tudo que estimou e poderá acabar não visitando um ponto turístico importante da lista.

Ao elaborar o roteiro é que você irá pesquisar o que tem para fazer no destino, o que é importante conhecer, quais as lojas e restaurantes mais conhecidos, como será a sua locomoção (carro alugado, motorista, ônibus, metro), entre muitas outras opções.

 

Podemos dizer que estes são os itens essenciais para você conseguir planejar a sua viagem sem envolver uma agência de turismo. Claro que a primeira impressão que temos é que é muito trabalhoso, não daremos conta e que com certeza seria mais fácil apenas contratar uma agência de viagem. Mas depois que você planejar a sua primeira viagem, você verá que não é complicado e, além de se envolver muito mais com a viagem, você economizará se souber pesquisar e tiver paciência para acompanhar as promoções.

One thought on “Planeje sua viagem sozinho, se envolva mais e gaste menos!

  1. Pingback: Viagem Bali (Indonésia) – A compra da passagem aérea | ALFA Dicas de Viagens

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>