Hotel Heart of I-Drive (Orlando, EUA)

Hoje falaremos um pouco mais de nosso hotel em Orlando, que apesar de na própria placa de lá estar escrito hotel, está para mais um motel para os americanos, pois é um pequeno prédio de dois andares onde você estaciona o carro do lado de fora, exatamente como vemos nos filmes.

Assim como em qualquer parte do mundo, em Orlando você pode encontrar locais mais em conta para ficar ou resorts com diárias que superam facilmente os R$1.000. Optamos por uma boa relação custo-benefício e pela localização do Heart of I-Drive, que como o próprio nome diz, fica no coração da International Drive, a avenida que não dorme em Orlando.

DSC05199 DSC05200 DSC05198

Um ponto para ficar bastante atento são as taxas cobradas somente no hotel, e que variam bastante de um estabelecimento para outro. No Booking este quadro em vermelho indica o que você precisará pagar lá e que não está incluso no preço do site. No nosso caso eram 12,5% de taxas e uma taxa de serviço de quase US$9 por diária, ou seja, a diária que aparece como R$152 ficaria em torno de R$211, um acréscimo de quase 30% no valor inicial.

taxas

Pagamos cerca de US$200 no valor final já com todas as taxas inclusas para um quarto com uma cama queen-size, que também tinha uma televisão com TV a cabo, além de um frigobar e o banheiro com chuveiro elétrico com aquela insuportável cortina servindo como “box”.

DSC05192 DSC05193 DSC05194

O hotel ainda tinha uma piscina nos seus fundos, mas como pegamos temperaturas inferiores a 10ºC, não passamos nem perto de lá.

DSC05196 DSC05197

O café da manhã, apesar de ser incluso, tem algumas particularidades: a parte inclusa contém apenas pães de forma acompanhados de margarina e geleia, além de suco de laranja, café e cereais. Há a opção de comprar separadamente salsichas (US$1 cada), fatias de bacon (US$0,50 cada) e omelete (US$1 um prato pequeno). Como havíamos comprado nossos dólares a uma média de R$4, achamos mais vantajoso fazer compras no Wallmart e complementar o café no nosso próprio quarto.

Apesar desses pequenos detalhes, recomendamos sim o hotel (ou motel), principalmente pelo fato de utilizarmos o hotel apenas para tomar banho e dormir, pois ficávamos praticamente o dia todo passeando. Além disso, há uma franquia da Pizza Hut que fica literalmente do lado do hotel.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>