Milhas – Como acumular e qual a melhor forma de usá-las?

Olá pessoal,

O post de hoje falará um pouco mais dos programas de milhagem das companhias aéreas brasileiras, dando um pouco mais de ênfase ao Multiplus Fidelidade, que é o programa da Latam Linhas Aéreas (antiga TAM) e que mais utilizamos recentemente.

MANEIRAS DE ACUMULAR MILHAS

1) Compras no cartão de crédito

cartoes creditoTalvez a forma mais conhecida dos brasileiros, os programas de milhagem dos cartões de crédito já existem há alguns anos e como geralmente acumulam de forma automática, não necessita de nenhum “esforço” adicional do cliente. Vale lembrar que alguns cartões ainda exigem uma intervenção manual, como um simples cadastro, para que você passe a acumular milhas, então fique atento!

Importante destacar também que as milhas do cartão de crédito ainda precisam ser convertidas para o programa de milhagem de sua escolha, e geralmente são convertidos na taxa 1:1, isto é, 10 mil milhas do cartão de crédito equivalem a 10 mil milhas no programa de milhagem escolhido. A dica aqui é: fique de olho que praticamente todo mês há promoções de multiplicação no resgate que fazem suas milhas sofrerem um acréscimo de 30% a até 60% na transferência, isto é, 10 mil milhas podem virar de 13 a até 16 mil milhas no programa escolhido dependendo da promoção vigente.

2) Compras em sites parceiros

bookingRecentemente, principalmente a Multiplus Fidelidade, tem lançado promoções do estilo “acumule 10 milhas para cada 1 real gasto no site X”, o que acaba sendo uma excelente oportunidade de você acumular milhas principalmente se está de olho em algum produto específico e iria acabar comprando-o de qualquer forma.

Neste ano, por exemplo, rolou uma promoção desta com a taxa de conversão 1 real = 15 milhas no site da Centauro. Como estávamos atrás de uma esteira, acabamos acumulando 25.200 milhas numa compra de R$1.680,00.

Ainda neste esquema, agora no mês de junho, também havia uma parceria entre o Booking e a Multiplus que estava dando 8 milhas para cada dólar gasto em reservas feitos pelo Booking. Como estamos de viagem marcada para outubro, reservamos alguns hotéis nesta promoção, e desta forma acumulamos mais algumas milhares de milhas gratuitamente.

3) Participação em games e avaliações

Ao se cadastrar no site da Multiplus, você terá acesso a algumas outras formas de acumular milhas: jogando algum jogo ou respondendo algum quiz, por exemplo. Apesar do acúmulo ser bem pequeno, toda soma é bem vinda. Há algum tempo atrás também havia uma parceria com o Trip Advisor, que dava 100 pontos para cada avaliação de hotel feita.

4) Cadastro em programas “especiais”

De uns tempos para cá as companhias aéreas também criaram espécies de “Clubes de Milhas”, que nada mais são do que programas onde você paga uma mensalidade e passa a acumular milhas a cada mês, além de alguns bônus que são ofertados. Nas imagens abaixo você pode conferir os programas da Azul e da Latam.

Azul

Multiplus

Há também outros programas, como o do Livelo, que nada mais é do que o programa de milhas dos cartões de crédito do Banco do Brasil e Bradesco. Além de ser interessante a adesão ao Clube Livelo (no Clube 3000 o milheiro sai por cerca de R$27), de vez em quando rolam algumas promoções que dão bônus na transferência. Recentemente teve uma que dava simplesmente 100% de bônus na transferência para o Smiles da Gol, ou seja, ao transferir 30 mil milhas você ganharia 60 mil milhas no programa da Gol.

Livelo

5) Programa KM de vantagens do Ipiranga

km de vantagens

Uma outra forma bastante simples de acumular milhas é se cadastrar no programa KM de vantagens, que nada mais é do que um programa dos Postos Ipiranga onde você acumula “KMs de vantagens” a cada real gasto nos postos de gasolina (verifique no site da Ipiranga os fatores multiplicadores, que podem fazer cada R$1 gasto valer até 4 KM de vantagens).

Há uma opção onde você transforma 10 mil KM de vantagens em 10 mil milhas Multiplus, pagando R$129, um valor muito abaixo do que é praticado no mercado, como você poderá ver logo abaixo. Importante frisar que é possível fazer esta transferência somente 1 vez a cada 12 meses.

6) Compra de milhas

Compras Milhas MultiplusMuitas vezes os programas de milhas fazem promoções para a aquisição de milhas. Uma vez compramos 100 mil milhas da Multiplus por R$2.800 parcelado em 10x sem juros, ou seja, pegamos R$28 para cada 1.000 milhas. O preço normal do Multiplus é de absurdos R$70 para cada 1.000 milhas, conforme print acima.

COMO USAR MINHAS MILHAS

Bom, agora que você está com milhares de milhas acumuladas e sabendo que elas tem data de expiração de 2 anos a partir do acúmulo, você precisa decidir o que fazer com elas.

1) Vender em sites de milhas

Caso você não consiga acumular uma quantidade de milhas suficiente para emitir passagens ou então precise de dinheiro, a melhor opção que sugerimos é vender suas milhas nos sites que existem por aí, como o Max Milhas e o Hot Milhas. Você consegue cotar o preço de suas milhas praticamente de forma instantânea, apenas informando seu e-mail e a quantidade de milhas nos programas disponíveis. Um preço base de mercado costuma pagar os seguintes valores a cada 1.000 milhas das companhias aéreas mais conhecidas do Brasil:

  • Azul Linhas Aéreas: R$20 a R$22
  • Gol Linhas Aéreas: R$22 a R$24
  • Latam (Multiplus Fidelidade): R$25 a R$28

2) Troca por produtos

Esta definitivamente é de longe a PIOR escolha e muitas vezes é a escolha das pessoas que não tem conhecimento das demais formas de resgate. Quase sempre os produtos disponíveis serão superfaturados. Dando uma rápida olhada no site da Multiplus, podemos pegar como exemplo o aspirador abaixo (que está numa promoção de 35.780 por 23.090 milhas):

 

Aspirador

Baseando-se na cotação dos sites de compras de milhas, 23.090 milhas valeriam aproximadamente R$575 caso fossem vendidas. Pesquisando o preço deste aspirador na Internet, encontramos o mesmo por R$408, uma diferença superior a 40% do valor cobrado na troca. Ou seja, neste caso valeria muito mais a pena você vender suas milhas e então comprar o aspirador “por fora”.

Aspirador 2

3) Emitir passagens

Para finalizar e de certa forma a opção mais “óbvia” é você usar suas milhas para emitir passagens, seja para você mesmo ou então para amigos ou familiares. Mas nem todo trecho se mostra vantajoso para a emissão de bilhetes utilizando sua pontuação, neste sentido você deve sempre se basear no valor que os sites de milhas pagam para fazer a conta se vale ou não a pena usar suas milhas para a emissão de passagem.

Um detalhe importante e muitas vezes esquecido, é que as taxas de embarque são pagas a parte, ou seja, se um trecho está saindo por 30 mil milhas, você ainda assim terá que pagar as taxas de embarque de forma separada. Uma outra vantagem de emitir suas passagens com milhas é que você consegue pegar um trecho de volta não necessariamente do seu destino inicial.

Efetuando algumas simulações agora mesmo pelo site da Multiplus e convertendo na taxa de 1.000 milhas = R$28 (supondo que você adquiriu milhas no preço promocional do passo 6) deste post), temos os seguintes valores:

  • Joinville – Sydney: 120.000 milhas + R$475. Total: R$3.835
  • Joinville – Paris: 70.000 milhas + R$366. Total: R$2.326
  • Joinville – Miami: 60.000 milhas + R$269. Total: R$1.949
  • Joinville – Santiago: 20.000 milhas + R$266. Total: R$826
  • Joinville – Joanesburgo: 60.000 milhas + R$281. Total: R$1.961

Com estes valores em mente, basta você observar os preços praticados nas promoções divulgadas nos sites que já divulgamos aqui, como por exemplo o Melhores Destinos, e verificar se vale ou não a pena emitir a passagem com suas milhas. Outro ponto importante a se destacar é que dependendo da origem de suas milhas, você simplesmente “ganhou” elas sem pagar nada por isso, ou seja, nestes casos a conta acima seria apenas sobre o valor das taxas e com certeza será vantajoso para você usá-las.

Outro fato até curioso é que geralmente a emissão de passagens com milhas tem o mesmo valor necessário para resgate independente da cidade de origem: nas simulações acima, alterando a cidade de origem para São Paulo, a quantidade de milhas necessária permanece a mesma, ou seja, nestes casos a emissão de bilhetes utilizando milhas acaba valendo muito a pena se você não mora nos grandes centros!

Algo que também acontece com frequência é companhias aéreas divulgarem promoções de trechos onde apenas a ida é ofertada a um valor interessante. Nestas situações você pode adquirir um dos trechos da forma tradicional e emitir a volta utilizando suas milhas.

Fiquem atento também pois em algumas vezes durante o ano os programas de milhagem oferecem passagens por quantidades promocionais, como já aconteceu no ano passado, quando foram ofertadas passagens por 20 mil milhas o trecho Belo Horizonte/Miami ou então 28 mil milhas o trecho Curitiba/Paris. Ontem mesmo rolou uma promoção destas no Smiles, programa de milhas da Gol, com trechos para o EUA por apenas 25 mil milhas:

Milhas Gol

Um abraço e até a próxima pessoal! Para qualquer dúvida ou esclarecimento, basta comentar no post que responderemos o mais breve possível.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>