Emitindo uma passagem para Curaçao em executiva com preço de econômica com milhas da TAP

Olá pessoal,

Hoje falaremos um pouco mais como pagamos numa passagem de cabine executiva o valor de uma passagem de cabine econômica. Como vocês já devem estar imaginando, essa conta envolve a emissão de passagens com milhas, obviamente. Mais precisamente, milhas da companhia aérea portuguesa TAP.

Para quem não sabe a TAP é uma companhia que faz parte da Star Alliance, uma aliança de companhia aéreas global, que atualmente conta com 26 integrantes. E os resgates mais vantajosos que você consegue fazer utilizando milhas TAP, certamente são os bilhetes em executiva em companhias parceiras, sobretudo para a América do Norte e o Caribe. Para parceiros da Star Alliance, a TAP trabalha com uma tabela FIXA, ou seja, independente de data, você irá usar a mesma quantidade de milhas para viajar. É claro que dependendo do período, pode não existir disponibilidade, mas existindo, o valor sempre será fixo.

Hoje as tabelas abaixo representam o valor (ida e volta) que você gastará com suas milhas. Na primeira consta os valores para econômica e a segunda em executiva.

economica star alliance

Tabela de resgate para ida e volta em econômica partindo da América do Sul

 

executiva star alliance

Tabela de resgate para ida e volta em executiva partindo da América do Sul

Vejam que a diferença entre econômica e executiva não é tão grande, o que acaba compensando (e muito) você emitir a passagem em executiva ao invés de econômica, até porque a diferença será ainda menor pelo que falaremos adiante.

Pois bem, e de onde posso conseguir milhas TAP? Hoje em dia praticamente todos os programas brasileiros permitem a transferência de milhas para a TAP, como o Livelo, o Itaú Sempre Presente e o programa de pontos da Caixa. Uma exceção importante é o Santander Esfera, que não tem parceria com a companhia portuguesa.

E o mais interessante, é claro, são as costumeiras promoções de bonificação na transferência, que principalmente no final do ano passado, ocorreram numa frequência absurda. Foi numa dessas, que dava até 120% de bônus (https://passageirodeprimeira.com/ganhe-ate-120-de-bonus-transferindo-pontos-para-o-tap-milesgo/), que transferimos os pontos de uma de nossas contas Livelo já pensando na emissão que detalharemos a seguir.

Ah, um ponto negativo nessa emissão com parceiros, é que o site da TAP infelizmente não traz a disponibilidade dos voos dos parceiros (e logicamente não permite a emissão), obrigando você a ligar no call center para fazer a emissão. Um guia EXCELENTE que explica tudo detalhadamente é do blog Passageiro de Primeira: https://passageirodeprimeira.com/guia-completo-de-como-emitir-passagens-usando-milhas-do-tap-milesgo/. Em novembro do ano passado, uma semana antes da promoção, o site chegou a mostrar os voos de parceiros, mas não sabemos por qual motivo a funcionalidade foi removida novamente. Ou seja, em pleno 2020, você é obrigado a ligar num call center para emitir uma passagem. Chega a beirar o inacreditável.

A NOSSA EMISSÃO GUARULHOS – CURAÇAO

Em 2013, estivemos em Curaçao, inclusive dissecamos nossa viagem numa série de dezenas de posts publicados nos meses seguintes a viagem. Na época, prometemos a nós mesmos que voltaríamos lá quando tivéssemos um filho, e agora, 3 anos depois, colocamos na cabeça que era hora de cumprir essa promessa.

Vale lembrar que somente duas companhias aéreas (Avianca e Copa Airlines) fazem a ligação entre o Brasil e Curaçao sem conexão nos Estados Unidos (o que poderia ser um problema para quem não tem visto). Tanto a Avianca quanto a Copa Airlines pertencem a Star Alliance, ou seja, conseguiríamos a emissão com as milhas da TAP.

Pois bem, com as milhas já creditadas na nossa conta da TAP, fizemos uma consulta no site da Copa Airlines (os horários nos agradaram mais) seguindo o passo a passo do Passageiro de Primeira e encontramos os voos que desejávamos. Nossa idéia era sair num voo no dia 10 de junho, que saía de madrugada de Guarulhos, e voltar no dia 21 de junho. 

Apesar do atendimento no call center da TAP ser na maioria das vezes com atendentes portugueses de Portugal, a conversa acontece tranquilamente e sem maiores problemas, não existindo qualquer problema de comunicação. Assim que iniciei a conversa com o atendente, passei as datas desejadas, a origem e o destino e o mesmo pediu um tempinho para verificar a disponibilidade. Passados alguns minutos, o mesmo voltou alegando que o voo da ida não tinha disponibilidade, mas que tinha encontrado disponibilidade no dia anterior e no dia seguinte. Optei pelo dia anterior e então o atendente prosseguiu com os procedimentos de emissão do bilhete, pedindo dados dos passageiros envolvidos.

Confesso que liguei lá esperando que passaria horas para a emissão do bilhete (baseado em outros relatos), mas fui surpreendido com a agilidade do atendente e toda a emissão aconteceu em cerca de 45 minutos. Com os bilhetes emitidos, vamos então as contas:

PASSAGEM EMITIDA COM MILHAS

  • Total de milhas: 100.000 milhas TAP
  • Taxas de embarque e de emissão (a TAP cobra 40 euros por passagem emitida para parceiros via call center): R$529

Para chegar as 100.000 milhas TAP, como falamos anteriormente, pegamos a promoção com bônus de 120% na transferência de pontos Livelo, e na época também estava rolando uma promoção de compras de pontos Livelo a R$42 o milheiro. Ou seja, para chegar às 100.000 milhas TAP, bastava ter 45.500 pontos Livelo, o que na promoção de R$42/milheiro saiu por R$1.911. Ou seja, o total da emissão em executiva saindo de Guarulhos ficou em R$2.440 por pessoa ida e volta, com taxas incluídas.

Para fazer a mesma emissão em econômica, você precisaria de 70.000 milhas TAP, ou 32.000 pontos Livelo, o que resultaria num valor total de R$1.873, com taxas. Certamente compensa pagar R$600 a mais para viajar de executiva.

PASSAGEM EMITIDA COM R$

curaçao economica

Passagem pagante (econômica) GRU-CUR

curaçao executiva

Passagem pagante (executiva) GRU-CUR

Efetuando uma pesquisa hoje no site da Copa, vejam os valores das emissões em executiva e econômica. O valor que pagamos para emitir a executiva com milhas (R$2.440) é praticamente o mesmo do valor cobrado em R$ para emissão da econômica (R$2.267). Uma diferença de apenas R$169.

Já o valor pago da executiva é mais do que o dobro do valor que pagamos com milhas.

Depois do fim da Avianca, certamente o programa da TAP pode ser considerado o programa onde se conseguem os melhores sweetspots, que nada mais são do que emissões extremamente vantajosas e que são de certa forma fáceis e tranquilas de conseguir.

Business-737800B Business-737800A

Executiva do Boeing 737-800

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *